Às mulheres que pensam demais

35853394_1647222372064819_8151020777236332544_n

Aos eternos porquês, ao tentar perceber tudo ao mais ínfimo detalhe, ao não parar de pensar em tudo o que lhes é dito e feito, interpretar tudo sobre uma série de prismas, os “serás que”, os “ses”, o tentar dar conta de tudo e de todos e perder a cabeça pelo meio, sempre achar que é de menos, que devia fazer mais, ser mais, ser aquilo que não é sei-lá-porquê; procurar sempre ter as escolhas mais elevadas possíveis, ser correta em todos os momentos, não passar por cima de ninguém, sempre respeitar tudo e todos, menos a vontade própria muitas vezes; viajar fundo no seu mundo interior, viajar fora do seu mundo e dos seus pensamentos e emoções, procurar muito e sempre por aquele algo constantemente inalcançável, aquele sonho e aquela perfeição construída no mundo dos seus sonhos, mente e imaginário; aquele cenário perfeito de coisas perfeitas e sentimentos queridos, que sempre buscam para condizer com o seu olhar de menina quase ingénua e inocente, que sempre faz por acreditar, à espera do mundo lhe trazer aquelas coisas doces e amorosas, a condizer também com o seu coração valente, que todos os dias diz para si mesma: só mais um dia, hoje vai ser bom, hoje vou fazer acontecer, hoje vou ser capaz! A essas mulheres, um beijo e abraço no coração. Que saibam sempre manter-se fortes. São elas que colorem o nosso mundo de beleza, delicadeza e pureza. 

Published by Paula Chocalhinho

Uso a Psicologia, a Hipnose e as Constelações Familiares para facilitar processos de mudança baseados na autoanálise e no autoconhecimento, indo às causas das perturbações e sintomas (aumento da consciência), promovendo o ensino de estratégias de regulação emocional (ansiedade e pânico) e trabalho com a criança interior para acolhimento das feridas e superação dos traumas. Para marcações, preencher o formulário em Contactar. Podcast Psicologia de Bolso no Spotify.

4 thoughts on “Às mulheres que pensam demais

  1. Adorei o texto, não acrescentaria nem mais uma palavra.
    Este texto faz—me lembrar algumas das nossas sessões em relação ao perfecionismo.

    Muito obrigada pela ajuda e pela dedicação 😊😊🙏

  2. Texto bem escrito, super-inteligente , que toca e vai mais fundo, que descreve tão bem o título, que vai além dele aliás, supera-o, surpreende e vai acompanhando o modular da mente com perguntas e respostas variadas que nos entranham o ser – obrigada pela viagem! Que a coloracao continue, bem-hajam essas mulheres.

Leave a Reply

%d bloggers like this: